Apresentamos a Você o Apple Watch (iWatch)

Além dos novos modelos de iPhone, iPad e Mac mostrados neste final de ano pela Apple, a mesma inovou o mundo confirmando os rumores e lançou seu "iWatch" que foi nomeado pela mesmo como Apple Watch. Acho que houve guerra de patentes com a Swatch e ela decidiu mudar os planos.

O Apple Watch inteligente da Maçã foi alvo de rumores por um longo tempo, e o mercado cercou-se de expectativas.  Felizmente, a empresa de Tim Cook não decepcionou, e quis apresentar o dispositivo não apenas como um smartwatch, mas sim como um símbolo de mudança, vamos ver alguns detalhes.


O Apple Watch

O relógio da Apple tem sido aguardado por muito tempo, e isso acabou despertando o interesse de inúmeros consumidores já ansiosos pelo lançamento oficial do produto eu sou um deles... risos. Mesmo que a empresa tenha demorado um pouco para apresentar o acessório, tanto a indústria da moda quanto da tecnologia acabam de ganhar mais uma ótima opção. O produto tem tudo para se tornar um dos mais cobiçados pelos usuários, tanto que Steve "Woz", co-fundador da Apple, já disse que ele é quem "ditará o futuro dos smartwatches". Ele mostra o horário de uma forma excepcional e precisa, com apenas 50 milissegundos de atraso em relação à hora original de Greenwich e quem liga pra isso?  Quem gosta de relógios suíços e que não abre mão de precisão quando o assunto é Tempo.

O sistema de controle


O Apple Watch é um aparelho íntimo e inteligente. Ao invés de limitar-se aos comandos das touch screens, um sensor infravermelho lateral foi implementado e apenas um botão o acompanha. Semelhante ao ajustador presente em diversos relógios, o componente transforma os movimentos em informações. Ao girá-lo, o usuário pode interagir diretamente com o conteúdo exibido no display. Isso inclui deslizar pela barra de rolagem, trocar de música, controlar o zoom, ajustar o volume e transitar entre aplicativos.

Se estiver com preguiça de realizar movimentos com a sua mão, o aparelho possui total integração à Siri. A assistente virtual executa comandos na mesma simplicidade presente no iPhone. Para responder uma mensagem, nenhum teclado será disponibilizado, mas o usuário pode ditar o texto e o reconhecimento de voz fará o seu trabalho. A Apple pensou em todos os detalhes para tornar a vida do dono do relógio o mais simples possível.



Design e carregador wireless

O design é algo muito pessoal, mas a Apple não economizou esforços para tonar o relógio atraente para todos. A estrutura metálica realmente chama a atenção, mas a tela de safira flexível é a grande estrela. O display é retangular e a borda é realmente bem fina. Nenhum botão existe na parte frontal, disponibilizando o espaço máximo para o conteúdo. Há diversas pulseiras e opções de materiais para todo o tipo de público-alvo, variando de couro legítimo ao durável metal.



Imãs estão por toda a parte. Para encaixar o relógio em volta do pulso, basta conectar as extremidades por meio do campo magnético. O carregador não precisa de cabos e também fixa-se ao corpo do Apple Watch por meio de imãs. Dessa forma, não há nenhum desgaste nas partes citadas.


Apple Watch, sensores e o HealthKit

Claramente, o Apple Watch não poderia ser somente mais um relógio bonito com uma tela touhscreen para somente fornecer as últimas atualizações do Facebook. A gigante de Cupertino também investiu nos recursos de monitoramento da saúde, trazendo para o gadget alguns sensores capazes de fornecer informações úteis que ajudarão os usuários no acompanhamento de diversos fatores.


Você poderá utiliza-lo na academia ou enquanto pratica o seu esporte predileto. O Apple Watch poderá coletar dados como batimentos cardíacos e até mesmo acompanhar o seu histórico enquanto está dormindo, mantendo uma série de arquivos com essa informações para elaborar estatísticas, tudo isso graças ao HealthKit, acelerômetro, barômetro e o sensor de batimentos cardíacos, que em conjunto ao chip S1, realizam todo o trabalho de analisar o corpo do dono dos iGadgets.


Dois tamanhos em três coleções


Para alcançar um número maior de adeptos, a companhia lançou duas versões do Apple Watch com tamanhos distintos. O pequeno, provavelmente, atrairá aqueles que buscam algo funcional, mas não chamativo, e o modelo maior exibe um número maior de informações. Há também três coleções do aparelho, o Apple Watch, Sports e o Edition. Cada um dos segmentos possui aspectos direcionados, como materiais e aparência.

O melhor amigo do Iphone


O Apple Watch não é um aparelho solitário. Para funcionar corretamente e fornecer o máximo de sua capacidade, a sincronização com o iPhone é de suma importância. As notificações de um são exibidas no outro e, ao visualizar alguma, o alerta some de ambos os gadgets. Mesmo que tenha sido lançado junto ao iPhone 6, quem possuir o 5 ou superior poderá utilizar o smartphone em conjunto com o relógio tranquilamente.

Disponibilidade e preço


Embora o Apple Watch tenha sido anunciado hoje (9), o relógio só será comercializado no começo de 2015. Como é um aparelho de produção luxuosa, o preço não será modesto. Quem gostou da ideia do gadget e deseja adquirir um exemplar, terá de pagar US$ 349. Se convertermos esse valor desconsiderando os impostos, o resultado de R$ 800 é obtido.
 

Via Tudo Celular

Entre em Contato

Fale comigo

Utilize o formulário ao lado e me envie sua mensagem, dúvida, elogio ou sugestão. Lhe responderei no máximo em 03 dias.

Moro em São Paulo

Dica: nunca divulgue seu endereço na Internet.

Horário de atendimento:

Só não fale comigo antes das 10 e depois das 23 horas.

Telefone | SMS | WhatsApp

(+55 11) 98140-0942